Diário de Bordo: Argentina

Hoje vamos continuar com o nosso passeio pela Argentina! haha. Um dos passeios mais típicos e que não pode ficar de fora é visitar alguma casa de tango, existem várias, desde as mais tradicionais até as mais moderninhas feitas para turistas e com estilo bem “hollywoodiano” hehe.

Nós optamos em conhecer um show tradicional e assim, escolhemos a Esquina Carlos Gardel, gente que lugar incrível, não só o show mas, também a arquitetura do lugar, bem tradicional em um estilo provençal que eu amo! haha

tango-carlos-gardel-1

Ao comprar o voucher, eles apresentam duas opções, voucher comum e voucher vip. O vip – que foi o nosso caso – dá o direito de escolher a localização da mesa e deixá-la reservada apenas para dois, o tipo de transporte e de bebidas durante o jantar também são diferenciados do voucher comum onde, geralmente colocam as pessoas nas mesas do piso inferior e você senta ao lado de pessoas que não conhece, pela foto dá para perceber a diferença. Na parte de cima – onde ficamos – ficam as mesas mais reservadas e em baixo as mesas estilo banquete. Na minha opinião valeu a pena investir um pouquinho mais.

O jantar estava ótimo, é composto por uma entrada, prato principal, sobremesa, e ao final servem café ou licor para quem desejar. Eu escolhi saladinha para a entrada, filet de chorizo como prato principal e de sobremesa, pudim com sorvete de doce de leite, que por sinal foi o melhor sorvete de doce de leite que já provei. Ah também veio tipo uma marmelada caramelizada com maçã, que é bem típico de lá.

tango-carlos-gardel-2

Quanto ao show, foi um espetáculo! é aquele tipo de apresentação que te prende à atenção do início ao final. Vários artistas se apresentam, alguns cantam, outros dançam o tango em dupla, ou mesmo em turma, tem uma orquestra, tudo lindo!

tango-carlos-gardel-3

 

Outra parada obrigatória na Argentina, que quero compartilhar com vocês é o Café Tortoni. É um café com ambiente bem clássico, fundado em 1.858, que ainda preserva suas origens. Nesse café vários artistas e poetas se reuniam para passar as tardes.

A tarde é comum encontrar uma fila para entrar, mas coisa rápida, de uns 15 a 20 minutos.  A noite é bem mais tranquilo, porém raríssimo encontrar os famosos churros, que esgotam sempre no período da tarde, haha.

cafe-tortoni-1

cafe-tortoni5

cafe-tortoni-2

 

Por hoje é só Pink’s, amanhã termino a temporada na Argentina contando sobre o Zoo de Lujan!

Beijo Pink!

 

Previous Story
Next Story

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply